Uma senha sera enviada para seu e-mail

Na madrugada do dia 08, tivemos a premiação mais importante do mundo dos games, The Game Awards, e não foram só estatuetas que forem entregues ontem. Entre os prêmios para os melhores games do ano, tivemos muitos momentos marcantes. Tivemos a despedida emocionante de Andrew House, o presidente da Playstation, depois de 27 anos trabalhando com a marca. Tivemos Carol Shaw, a primeira mulher a ter o seu nome na caixa de um videogame, recebendo seu prêmio pelo pioneirismo na industria, emocionando até a mulher que lhe entregou o prêmio. Tivemos também Josef Fares, diretor de A Way Out pela EA, xingando o Oscar e a própria EA. E, acima disso tudo, tivemos grandes revelações de novos jogos.

From Software

Para começar, tivemos um pequeno teaser do próximo projeto da From Software, estúdio responsável por Dark Souls e Bloodborne. O codinome do projeto é Shadow Dies Twice, ou “A Sombra Morre Duas Vezes” em português, e muitos começaram a especular que pode se tratar de uma continuação de Bloodborne. O título ainda está longe de ser lançado, mas caso seja mesmo Bloodborne 2, não é impossível que o vejamos durante este fim de semana na Playstation Experience.

Vale lembrar também que o estúdio prometeu suporte ao Nintendo Switch assim que o console foi revelado e ainda não anunciou nenhum título para o mesmo.

Novo jogo do estúdio de Firewatch

O próximo jogo da Campo Santo, estúdio de Firewatch, te põe no papel de duas exploradoras que vão desvendar as belezas e os mistérios do Antigo Egito. Não foi mostrado tanto assim do jogo, mas podemos esperar uma história tão envolvente como de Firewatch.

The Legend of Zelda: The Champion’s Ballad

O grande vencedor da noite, The Legend of Zelda: Breath of the Wild, também não ficou de fora e trouxe a sua aguardada expansão The Champion’s Ballad. Esta expansão promete trazer um pouco mais do passado do mundo de Zelda, mostrando os campeões em sua campanha para impedir o retorno de Ganon, 100 anos antes da trama do jogo. O DLC também traz novas armas e equipamentos, entre eles uma cela pro seu cavalo que permite que você o invoque em qualquer lugar, além de uma moto iradíssima inspirada no veículo que Link usa em Mario Kart 8.

Para o delírio dos fãs, Aonuma mozão anunciou que a DLC já estava disponível assim que terminou o trailer. Aqui é jogo do ano, né mores? O resto é resto.

Soulcalibur ressurge

Uma franquia que ressurge das cinzas nesse TGA 2017 foi Soulcalibur. Depois de 5 anos sem nenhum jogo na franquia principal, Soulcalibur VI foi anunciado para a nova geração e o jogo parece incrível.

O jogo chega já ano que vem e não parece que irá dar as caras no Nintendo Switch.

O jogo misterioso da THQ Nordic

A THQ Nordic está voltando com tudo e há alguns dias estava nos atiçando com um teaser site para uma nova produção. Trata-se de Fade to Silence, um jogo de terror que vai testar seus instintos de sobrevivência em temperaturas sub-árticas. Não é Darksiders 3, mas parece muito bom.

O jogo sai ainda este mês, dia 17 de dezembro, em early access na Steam.

Dose tripla de Bayonetta no Switch

Logo em seguida, Reggie Fils-Aime sobiu no palco para anunciar que a bruxinha mais empoderada dos consoles vai chegar com tudo no Switch. Bayonetta 2, originalmente lançado em 2014 exclusivamente para o Wii U, vai chegar no console híbrido da Big N. Ele não estará sozinho, porque o jogo original, Bayonetta, também estará incluso no mesmo pacote.

Para completar, Reggie anunciou que não seriam só nos ports que a bruxa iria chutar bundas no Switch. Foi anunciado que Bayonetta 3 está em produção exclusivamente para o Switch. E o trailer que recebemos foi de arrepiar. Não foi um trailer muito longo, mas no pouco tempo já deu pra ver Bayonetta apanhando para alguma entidade maligna. Considerando que a bruxa já derrotou literalmente o criador do universo no primeiro jogo sem suar. Que criatura é essa capaz de acabar com a maior bruxa que o mundo dos games já viu?

Kojima Deus e o seu Death Stranding

Tirando talvez The Last of Us – Part II, nenhum outro jogo da industria tem sido guardado com tanto afinco assim. É incrível, a cada trailer novo ficamos super animados e parecemos saber cada vez menos. Com um elenco que já conta com Norman Reedus e Mads Mikkelsen, além do fofíssimo Guillermo Del Toro, o jogo trouxe um trailer que tomou fucking 8 minutos da premiação que pareceram segundos. O trailer finalmente parece trazer o tom do jogo, com um misto de sci-fi e terror que deixou todo mundo animado.

Graças ao The Game Awards e o Kojima o hype só aumentou.

Edith Finch com armas

Você já jogou What Remais of Edith Finch? Se sim, pode ser meio difícil imaginar esse jogo carregado de armas, mas é exatamente o que aconteceu ontem. O novo jogo do estúdio d o premiado What Remais of Edith Finch, chamado Wildfire, está sendo produzido em parceria com o estúdio de Bulletstorm. O resultado é um jogo calmo, graficamente impressionante, com uma ótima narrativa e muito tiro, porrada e bomba.

Um trailer ok de Metro

A incrível franquia Metro vai ganhar um terceiro título e isso não é uma novidade. O que é novidade é o trailer que trouxeram ontem. A promessa mais “ok” do The Game Awards. Não é um dos melhores trailers, mas ainda assim o jogo parece lindo, com história interessante. Para quem é fã da série, vale dar uma conferida. Para quem ainda não é, Metro Redux tá aí na Steam pra isso.

 

 

Obrigado The Game Awards pela minha ansiedade

E foi isso! Tudo que foi anunciado durante o The Game Awards. Esse final de semana está rolando o Playstation Experience, então fãs de Playstation fiquem ligado para os trailers que virão.