Uma senha sera enviada para seu e-mail

Não é de hoje que a humanidade usa dança para se expressar. Dança, em si, já faz parte dos games há um bom tempo graças a “jogos de ritmo” como Just Dance e Elite Beat Agents, mas toda a essência de criatividade e expressão sempre passou longe destes título. Jogos rítmicos tem focado exatamente no que o nome sugere: ritmo. Em apenas acertar um comando específico no momento certo. Eis que surge um novo jogo que promete transgredir todas as tradições dos jogo rítmicos e finalmente deixar o jogador dançar do jeito que ele quiser: Floor Kids. Será que este ambicioso exclusivo do Nintendo Switch tem o que precisa para romper com as convenções do gênero? É o que vamos ver.

Na batida nem adianta tentar. Aqui é o meu lugar!

Floor Kids é um jogo inusitado que traz uma campanha single player onde você pode se familiarizar melhor com os comandos, e um modo multiplayer de batalha musical. Na campanha solo, você escolhe um personagem para começar e vai enfrentando diversos estádios com três músicas diferentes em cada. Se você conseguir três estrelas ou mais, você consegue uma nova carta de um personagem. Com quatro cartas você desbloqueia um novo jogador. Cada carta te ensina um combo novo e no final deste modo você deve ter aprendido como jogar com cada personagem.

O maior destaque do jogo é mesmo a sua jogabilidade inovadora. No jogo você tem um arsenal de dezenas de movimentos que você pode usar quando achar melhor. Os movimentos são separados em categorias. Temos Top Rock e Down Rock, para movimentos simples feitos em pé e no chão, respectivamente; Power, para movimentos que envolvam giro; e Freeze, para movimentos em que seu personagem congela em alguma posição ousada. Poder ligar esses golpes na ordem que quiser é libertador e você se sente o próprio dançarino.

Seu maior aliado para aprender combos e movimentos é o Breakdeck do modo solo

Mas se você que escolhe quando usar os movimentos, como que vence o jogo? Simples! O jogo conta com um sistema de avaliação de performance inspirado em concursos de dança reais. O jogo te pontua por estilo, ritmo, engajamento entre outras categorias. Apesar de o jogo te explicar por alto o que é avaliado, nunca fica muito claro o que é preciso fazer para alcançar boas pontuações em cada categoria. É ainda mais complicado de entender para um convidado que esteja jogando pela primeira vez, o que cria uma barreira desnecessária para um jogo que propõe um multiplayer intuitivo.

Vale mencionar que no meio das partidas existem micro segmentos em que o jogo se comporta como um jogo rítmico comum, onde você deve acertar a nota no momento certo. Estes segmentos servem para dar um tempo dos jogadores respirarem e dá um maior desafio ao gameplay.

Para os mais puristas, Floor Kids tem uns vislumbres de tradição

Além de trazer uma jogabilidade diferente, Floor Kids também se destaca em sua direção de arte impecável. Para começar, o design dos personagens é bastante diverso, contando com diferentes raças, gêneros e formas. Todos os personagens são desenhados a mãos e mantém algumas linhas de rascunho que ajudam a dar ideia de movimento, o que faz toda a diferença além de ser bem charmoso. A arte além de espetacular também é bastante funcional.

É também inacreditável a quantidade de frames desenhadas a mão para cada movimento. Isso torna os movimentos super fluidos e naturais. Saber a quantidade de frames de cada movimento também ajuda a ligar um movimento no outro para ganhar mais pontos. É engraçado perceber que a importância de conhecer os frames de cada movimento acaba aproximando mais Floor Kids de um jogo de luta do que de um jogo rítmico de fato.

Não deixe a dança te enganar. Floor Kids está mais pra um jogo de luta musicado.

A música não poderia ser menos que excelente. Não apenas a trilha sonora de cada fase é contagiante e energética, mas toda a engenharia de som do jogo é incrível. Das batidas dos menus aos scratches do Breakdeck, o jogo conta com várias referências a cultura hip hop, não só no figurino dos personagens, mas em toda sua essência musical. É impossível jogar Floor Kids e não se sentir dentro de uma pista de dança.

Fechamento

Floor Kids é uma excelente e inesperada adição ao catálogo de exclusivos do Nintendo Switch. Assim como jogos de luta, sua jogabilidade é simples o suficiente para qualquer um que pegue um controle consiga fazer alguma coisa, mas complexa o suficiente para que jogadores mais experientes gastem um bom tempo aprendendo todos os movimentos no seu arsenal. O jogo é incrível em permitir que o jogador se expresse como quiser, mas peca em ensinar o jogador tudo que ele é capaz de fazer, resultando em pontuações frustrantes que parecem até injustas. Ainda assim, Floor Kids traz novidade aos jogos de dança e é um título intrigante para qualquer proprietário do portátil híbrido da Nintendo.

De ladin, até o chão vem

Quem é você no Dream Team do Passinho de Floor Kids?

Floor Kids (Switch)
Liberdade nunca antes vista num jogo de dançaArte a mão, charmosa e funcionalÁudio imersivo
Sistemas de pontuação vagosComplexidade é uma barreira para jogadores casuaisConceitos importantes não são explicados direito
7.6Samba mais!
Votação do leitor 0 Votos
0.0